IP, máscara de rede e gateway

33 comentários

  1. Boa noite Prof,

    Gostaria deixar duas sugestões para video aulas:VLSM e acess list .

    Att,

    Marcelo Mendonça

    Marcelo Mendonça, 4 anos ago Reply

    • Marcelo,
      sugestões anotadas, obrigado.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  2. Excelente as aulas. Parabéns pela dedicação

    Gostaria de sugerir como tema particularidades e dicas referente a redes Wiffi (abordando detalhes configuração roteadores e acesso remoto a roteadores)

    Denis, 4 anos ago Reply

    • Obrigado Denis,
      sugestão anotada.
      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  3. Muito Obrigado mestre, tem me ajudado muito!

    Paulo Oliveira Correia, 4 anos ago Reply

    • Paulo, eu que agradeço.
      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  4. Olá prof, muito interessante essa aula também, Tenho uma duvida em relação aos (Ips) Tenho uma rede VELOX com 13 maquinas ligada a um modem intelbras gkm1210Q com 3 switch destribuida em ponto diferente, um cliente colocou na casa dele um routeador GVT wi fi na minha rede para acesssar wi fi no noot e acabo para o pc ao mesmo tempo e percebi que as vezes minha rede fica estavel (nula ou limitada) quando fiz uma busca por ip na rede todos estão presente mas percebi que o ip do pc e do noot dele não aparece só aparece o ip do routeador wi fi dele que por sinal é diferente do meu, Informação da minha rede são esses.
    IP: 10.0.0.24
    SUB-REDE: 255..255.255.0
    GETEWAY: 10.0.0.253
    Mas o Ip do routeador dele é 192.168.1.1
    Pelo que entendi esses ips dele não são da mesma familia que minha rede, então imagino que quando ele colocou o routeador na minha rede fez uma nova rede para ele aparti do route dele é isso?
    Grato.

    Wellington Dias, 4 anos ago Reply

    • Olá Wellington,
      obrigado.

      No cenário que descreveu vejo 2 possibilidades: 1. O roteador wifi criar uma estrutura de rede independente da principal. Nesse caso as máquinas ligadas a ele terão acesso a Internet, mas não serão acessadas pelas demais máquinas.
      2. O roteador criar uma estrutura integrada a rede principal, nesse caso seria melhor colocá-lo no modo access point.

      Se puder enviar mais detalhes do que deseja, posso dar uma orientação mais específica.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  5. Execelente aula.Muito bom.Otimo.valeu

    Mauro, 4 anos ago Reply

  6. parabens sua forma de explicar foi muito clara e objetiva
    fiquei muito satisfeito com conteudo.

    roberto, 4 anos ago Reply

    • Olá Roberto, obrigado.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  7. Ótima explicação!

    Henrique, 4 anos ago Reply

  8. tenho uma duvida que engloba isto! caso eu tenha o ip de rede 150.193.0.0 e tem que atribuir o ip e a mascara de sub -rede tudo em notação decimal com ponto. por favor me ajudem!

    Fabio da silva, 4 anos ago Reply

    • Olá Fabio,

      a informação está incompleta, pois dependendo de qual máscara usarmos teremos sub-redes bem diferentes.
      Entretanto vou admitir que será usada a máscara padrão para a classe do IP fornecido.

      O IP 150.193.0.0 é classe B cuja máscara padrão é /16.

      Portanto a sub-rede que contém esse ip seria:
      150.193.0.0 -> 150.193.255.255 a máscara em decimal é: 255.255.0.0

      espero que seja suficiente para ajudar, qualquer dúvida mande.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  9. Gostei da explicação, não faço curso de redes mas tenho grande interesse em como ela funciona.

    Achei excelente a didática.

    A única parte que achei complicada foi quando passamos a usar máscaras quebradas ou seja :Aquelas que não usam os octetos certinhos 8,16,24.

    Mas consegui entender depois que pensei da seguinte forma.

    /23
    2 octetos + 7 bis pra rede e 9 bits pra host

    na parte do host como você disse temos 512 host
    por rede.

    como funciona ? Como cada octetos contém oito bits podemos endereçar no máximo 256 por octeto.

    nessa rede 10.0.0.0 teríamos que endereçar 512 host e pra isso tomamos emprestado 1 bit da parte de rede o que faz com que tenhamos 2^9 =512. (O que me ajudou a entender essa parte foi ver que se eu preciso endereçar mais do que 256 eu preciso pegar emprestado 1 ou mais bits)

    No segundo exemplo tínhamos que ter o 255 como um ip válido.(que não fosse de rede e nem de broadcast mas sim dá ultima máquina da rede).

    como o primeiro ip é 10.0.0.0 e o ultimo 10.0.2.255 e este tem que ser um endereço ip válido

    temos a faixa 0 , faixa 1,faixa 2 .

    A faixa pra mim é um intervalo que vai de 10.0.0.0 – 10.0.0.255 na faixa zero e de 10.0.1.0 – 10.0.1.255 na faixa 1 e por assim vai

    Nessa analogia da faixa levando em consideração /24 teremos que cobrir 3 faixas e levando em consideração que um octeto só pode cobrir uma faixa teríamos que pegar bits emprestados.

    Quantos bits?
    com um octeto e um bit eu cubro a faixa 0 e a faixa 1 (2^1) com dois bits eu cubro a faixa 0 a 1 e a 2 (2^2=4) tendo um intervalo de 1024 endereços em uma rede que vai do 10.0.0.0 ao 10.0.4.255
    sendo q 10.0.0.0 é o ip da rede e 10.0.4.255 é o ip de broadcast . Os ips 10.0.0.255
    ,10.0.1.255 e 10.0.2.255 são hosts. normais.

    Muito obrigado..

    João Henrique, 4 anos ago Reply

  10. Kretcheu graças a vc consigo contar os Bits acrescentando e retirando da rede ou hosts,
    Nos exemplos de subnet muito bacana as demonstrações e ficou claro, na representação decimal da mascarra quando se retira bits dos host compreendi , o que me deu um nó foi a representação decimal da mascarra quando acrescentamos bits ao Host,
    exemplo: 10.0.2.255/ 22
    255.255.??.??
    Poderia me auxiliar? Obrigado!

    Samuel Sousa, 4 anos ago Reply

    • Oi Samuel,

      é tranquilo veja só:

      o /22 (11111111 11111111 11111100 00000000)
      está vendo que da esquerda para direita são os 22 bits do /22!?
      eu separei nos conjuntos de 8bits assim a máscara em decimal fica:
      11111111 -> 255
      11111111 -> 255
      11111100 -> 252 (127+64+32+16+8+4 ou 255 – 2 -1)
      00000000 -> 0

      esses valeres vem de cada bit.
      ainda com dúvidas? Veja a vídeo-aula sobre binários.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  11. Professor,
    estudei há alguns anos subrede, vi sua vídeo aula e me reciclei bem. Excelente didática!
    Estou em dúvida em como saber em que rede “grande” um IP pertence fazendo cálculos simples. Sem precisar fazer a relação rede por rede até encontrar a qual pertence. A mesma dúvida surgiu para a máscara.
    Pode me ajudar?

    Gustavo, 3 anos ago Reply

    • Olá Gustavo,
      a prática vem com o tempo.
      Sabendo o tamanho da rede fica fácil achar a sub-rede a qual pertence o IP, basta ir somando os intervalos.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  12. Olá,

    Professor Paulo,

    Muito bacana esta sua iniciativa. Suas vídeos aulas são excelentes. Sempre tive dificuldades nesta parte de redes. Hoje puder esclarecer algumas dúvidas.
    Mas na hora de calcular a mascara ainda continuo tendo dificuldades. Quando o exemplo do 10.0.0.1 ->10.0.2.255

    como foi adicionado o numero 1 no

    10.0.1.255

    Parabéns pela iniciativa

    Anônimo, 3 anos ago Reply

    • Olá,

      a quantidade de IPs possíveis numa rede sempre é um número potência de 2: (2,4,8,16,32….256,512,1024, etc)

      na nomenclatura decimal, cada octeto vai de 0 a 255. Assim quando preciso 512 IPs, terei 0.0-255 e 1.0-255 ou seja duas faixas de 256 IPs.

      Mais claro?

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  13. Muito bom os videos gostei muito da didática! Parabéns!!!
    Um coisa que venho procurando e não acho é como calcular por exemplo:

    Tem um empresa que deseja dividir a rede por departamentos, ou seja em subnets…

    RH – 10 máquinas
    IT – 20 máquinas
    ADM – 10 máquinas
    Comercial – 50 máquinas

    totalizando 90 máquinas… como seria o calculo pra dividir essa rede nestas 04 subnets?

    Jean Pereira, 3 anos ago Reply

    • Olá Jean, obrigado.
      Na vídeo-aula de cálculo de sub-redes tem um exemplo parecido. Sugiro que faça o seguinte:

      Coloque em ordem os departamentos, do que precisa mais máquinas para o que precisa menos. Assim:
      Comercial 50
      IT 20
      RH 10
      ADM 10

      Para o comercial são necessários 50 IPs válidos logo uma rede de 64 IPs resolve.
      para o IT 20 IPs, precisando de uma rede de 32 IPs
      para os demais uma rede de 16 IPs.

      a rede de 64, já que 64=2^6 usará 6 bits para hosts logo no modo CIDR /26
      para a rede de 32 (2^5) 5 bits logo /27
      para os outros 16 (2^4) 4 bits logo /28
      assim uma sugestão de IPs:

      Comercial: 192.168.0.0 -> 192.168.0.63 máscara /26 ou 255.255.255.192
      IT: 192.168.0.64 -> 192.168.0.95 máscara /27 ou 255.255.255.224
      ADM: 192.168.0.96 -> 192.168.0.111 máscara /28 ou 255.255.255.240
      RH: 192.168.0.112 -> 192.168.0.127 máscara /28 ou 255.255.255.240

      é isso.
      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  14. oi kretcheu gostaria de entender o significado de CIDR???? seus videos sao fatasticos mesmo, aprendi muita coisa e me ajudou muito no teste que fiz sobre calculos de ip’s, mascaras e sub-redes. tas de parabenes e continue assim a ajudar-nos a ter esses conhecimentos muitos professores nossos nao conseguem.

    Vavazinho, 3 anos ago Reply

    • Olá Vavazinho, obrigado.

      O CIDR (de Classless Inter-Domain Routing), é uma forma de ter mais flexibilidade no roteamento de redes IP.
      Classless sem classe, ou seja antes a máscara de rede era definida bastanto saber a classe do IP. Com o CIDR é possível fazer redes de qualquer tamanho, com qualquer máscara, para redes de IPs de qualquer das classes de IP.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

      • Obrigado tou aprendendo muito. seraque podias me sugerir alguns temas para fazer o trabalho de culminacao do curso, em engenharia de redes? tou precisando. agradeceria. o email eh: imucavele@gmail.com

        vavazinho, 3 anos ago Reply

  15. Parabéns Kretcheu! Também sou professor e gostei muito de todas suas video-aulas. Inclusive recomendei aos meus alunos.

    Daniel, 3 anos ago Reply

    • Oi Daniel, obrigado.
      Que bom! Os alunos estão gostando?

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  16. Simplesmente fantástico, esclarecedor e simples. Vlw

    washington moratti, 3 anos ago Reply

  17. Olá professor,

    gostei muito de suas aulas e gostaria de saber se o sr. pretende falar sobre multicast, pois queria entender seu funcionamento.

    abraço

    Aurelino, 3 anos ago Reply


Deixe seu comentário