Cálculo de sub-redes

63 comentários

  1. Kretcheu

    Parabéns por esse trabalho que são suas vídeo aulas de rede.

    Excelente a forma como você transmite conhecimentos de forma clara e exemplificada.

    Sou um aprendiz de redes estou tirando uma série de dúvidas à partir de suas aulas.

    Não deixe de postar mais aulas pois estou acompanhando todas elas.

    Muito obrigado por sua iniciativa que só traz benefícios para quem deseja aprender este mundo fascinante de redes.

    Carlos Roberto, 4 anos ago Reply

    • Obrigado Carlos,

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

    • valeu meu amigo,muito presável o que faz,esta me ajudando muito com suas videos aulas,obrigado..!!!

      Rickardo, 3 anos ago Reply

  2. parabens pelas aulas o senhor é um otimo professor da de 10 a 0 em algumas faculdades.

    Aurino, 4 anos ago Reply

  3. Antes de mais nada, magnífico trabalho que faz brilhantemente senhor Kretcheu. Tem o dom de ensinar, sou fascinado pelas suas video aulas onde aprendo de verdade e a cada aula fico com mais vontade ainda de aprender a sua página é repleta de ensinamentos sou um eterno estudante e encontro em suas sábias palavras o conhecimento sobretudo numa linguagem objetiva e também divertido. forte abraço!!! =D continue com as aulas….

    Rodrigo, 4 anos ago Reply

    • Obrigado Rodrigo.

      A próxima já foi gravada, está sendo editada, é sobre o modelo OSI.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  4. Poderia me ajudar nesta questão!

    — A configuração do IP do servidor é a seguinte:

    Endereço: 192.168.1.66

    Máscara de Sub-rede: 255.255.255.224 (/27)

    Gateway Padrão: 192.168.1.1

    — Os usuários reclamam que não conseguem acessar o servidor em questão. Qual das ações abaixo teria mais chances de solucionar o problema?

    a) Mudar o endereço do servidor para 192.168.1.62

    b) Mudar o endereço do servidor para 192.168.1.34

    c) Passar para uma máscara de sub-rede de 26 bits

    d) Passar para uma máscara de sub-rede de 25 bits

    Grande abraço!

    Kleyton, 4 anos ago Reply

    • Olá Kleyton,

      vamos analisar primeiro o servidor.
      Se o IP é 192.168.1.66 /27 então ele faz parte da seguinte rede:

      192.168.1.64 -> 192.168.1.93

      veja: /27 usa 5 bits para hosts, portanto 32 IPs em cada sub-rede: (0-31, 32-63, 64-93, etc)

      Obs. O Gateway não faz parte de sua própria rede, o que não pode acontecer.

      a) Mudar o IP para 192.168.1.62 o colocará na rede: 192.168.1.32 -> 192.168.1.63, o que ainda deixa o gateway fora da rede.
      b) Mudar o IP para 192.168.1.34 o colocará na mesma rede anterior, mantendo o mesmo problema.
      c) Mudar a máscara para /26 o colocará na rede: 192.168.1.64 -> 192.168.1.127

      veja: /26 usa 6 bits para hosts, portanto 64 IPs em cada sub-rede (0-63, 64-127, etc)
      Permanece o mesmo erro do Gateway não fazer parte da rede.

      d) Mudar a máscara para /25 o colocará na rede: 192.168.1.1 -> 192.168.1.127

      veja: /25 usa 7 bits para hosts, portanto 128 IPs em cada sub-rede (0-127, 128-255)
      Nesse caso o Servidor e o Gateway estão na mesma rede, eliminando o erro do gateway.

      Conclusão:

      Imagino que a alternativa D seria o que o formulador da questão consideraria como a resposta correta.
      Porém esse erro de configuração está mais relacionado ao servidor não conseguir acesso a outras redes, como por exemplo a Internet, mas na configuração de IP original, máquinas na mesma rede não teriam problema em acessá-lo.

      Obs. A maioria das ferramentas de configuração de IP dos sistemas operacionais sequer permitiriam essa configuração original por conta do Gateway não fazer parte da rede.

      Qualquer dúvida mande!

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  5. Primeiramente Parabêns pelas aulas que assisti.Simples (no contexto de facilidade de aprendizado ) e objetiva(no modo de falar o assunto e expor seu conhecimento ).
    Serei rápido… Não conheço nada de net mas gostaria de assistir seus vidêos na sequência correta pois você tem muitos videos interessantes. Pode me ajudar? Desde já te agradeço….

    washington, 4 anos ago Reply

  6. Olá kretcheu e colegas de estudo …Boa tarde !!!

    Estou começando agora meus estudos sobre redes e suas video aulas estão me ajudando bastante à entender os conceitos !!!
    Muito obrigado pela ajuda e esperero sinceramente que tenham
    muito mais vídeo aulas sobre redes.
    No final da video aula ” Calculos de Sub-Redes ” você diz que aqui no site tem exercícios extras para praticar…mas não estou encontrado-os !!! Se não estiverem disponivel …poderia me indicar um site onde encontro estes exercícios ??? Agradeço desde já….ótimo domingo para tí e família.

    Lúcio José Ferreira, 4 anos ago Reply

  7. Enviei um e-mail para você, gentileza verificar.

    Att,

    William

    William Moreira, 4 anos ago Reply

    • Oi William,
      respondido!
      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  8. Parabéns pelas vídeo aulas, comecei acompanha-las e estou gostando muito, no segundo exercício as mascaras no formato decimal ficariam assim ?

    SP – 255.255.128.0
    RJ – 255.255.255.0
    MG – 255.255.255.128

    André, 4 anos ago Reply

    • Olá André, obrigado.

      as máscara de rede são:
      SP -> /23 ou 255.255.254.0
      RJ -> /24 ou 255.255.255.0
      MG -> /25 ou 255.255.255.128

      255.255.128.0 seria /17
      11111111.11111111.10000000.00000000

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  9. Antes de qualquer coisa, parabéns pelo excelente trabalho e disposição em ajudar.
    Me ocorreu uma dúvida na video aula de cálculo de subredes.
    Você apresenta o exercício 2 e no desenvolvimento fala que a rede é 10.0.0.0 (39:40 s). No enunciado não diz qual é a rede apenas fala dos Estados e seus equipamentos.
    Como você chegou a essa rede?
    Obrigado por seu trabalho.

    Paulo, 4 anos ago Reply

    • Olá Paulo, obrigado.

      foi apenas uma opção, poderia ser qualquer um dentro dos intervalos das redes privadas.

      10.0.0.0 -> 10.255.255.255
      172.16.0.0 -> 172.31.255.255
      192.168.0.0 -> 192.168.255.255

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  10. Professor Kretcheu seguindo o último exercício fiz esse:

    RECIFE -> 20 -> 32
    OLINDA -> 60 -> 64
    JABOATÃO -> 70 -> 128

    RECIFE 10.0.0.0/27 até 10.0.0.31/27

    OLINDA 10.0.0.32/26 até 10.0.0.95/26

    JABOATÃO 10.0.0.96/25 até 10.0.0.223/25

    está certo?

    Rodrigo Vasconcelos, 4 anos ago Reply

    • Olá Rodrigo,

      a quantidade de IPs possíveis das redes está correta, as máscaras para as redes também.
      Porém as redes não.

      quando se define uma máscara, define-se a quantidade de IPs por sub-rede como também os intervalos dos IPs.

      exemplo: /26
      os intervalos seriam:
      10.0.0.0 -> 10.0.0.63
      10.0.0.64 -> 10.0.0.95
      10.0.0.96 -> 10.0.0.127
      e assim por diante.

      Portanto em Olinda o endereço inicial e final que colocou não estão na mesma rede.

      Para não errar sugiro que atribua os IPs na ordem da maior para a menor rede.

      Jaboatão: 10.0.0.0/25 IPs: 10.0.0.0 -> 10.0.0.127
      Olinda: 10.0.0.128/26 IPs: 10.0.0.128 -> 10.0.0.191
      Recife: 10.0.0.193/27 IPs: 10.0.0.192 -> 10.0.0.223

      Esse infográfico ajuda: http://kretcheu.com.br/redes/subredes2.pdf

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 4 anos ago Reply

  11. muito bom , acabei de encontrar o melhor professor . valeu

    rafael ribas, 4 anos ago Reply

  12. Muito boa suas aulas, mascaras de subrede sempre foram um mistério para mim…

    Mas uma duvida, quando eu divido em subredes, a subrede A consegue ter alguma comunicação com a subrede B?
    Por exemplo, eu dividi uma empresa nas areas de rh, administração e atendimento. a impressora da administração deu defeito e esse setor vai usar a do rh enquanto conserta, tendo essa divisão de subrede vou poder compartilhar essa impressora?

    Felipe, 3 anos ago Reply

    • Olá Felipe, obrigado.

      Cada sub-rede se torna uma rede IP independente, portanto, para que uma tenha acesso a outra é preciso uma máquina que esteja nas duas redes e faça o roteamento de uma para outra.

      Com um GNU/Linux é muito fácil fazer esse roteamento.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  13. Kretcheu, Parabéns pelos vídeos, muito bem explicados! Agora vai uma dúvida. Estou estudando para a CCNA e em um livro que comprei para isso, no capitulo de sub-redes diz o seguinte;

    – A RFC 950 determina que não pode haver apenas 1 bit para definição de sub-redes.

    Para o exame cisco tenho que obedecer isso certo, mas na vida real posso digamos não segui-la?

    Obrigado!

    Marco, 3 anos ago Reply

    • Olá Marco, obrigado.

      Sim deve ser “respeitado” no dia-a-dia, afinal uma divisão de redes com 1 único bit daria 2 ips possíveis para cada rede. Como você já sabe o primeiro identifica a rede e o último serve de broadcast, logo não sobra nenhum para os hosts!

      Porém em regras de firewall isso pode ser feito para identificar um conjunto de 2 hosts.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  14. Kretcheu, parabéns pelo trabalho.

    Por favor pode me dá uma força com o problema abaixo, não sei como resolver.

    Qual das redes abaixo permite a sua divisão em 64 sub-redes com capacidade de 256 IP cada?

    a) 192.168.0.0/18
    b) 192.168.0.0/19
    c) 192.168.0.0/20
    d) 192.168.0.0/21
    e) 192.168.0.0/22

    Lani, 3 anos ago Reply

    • Olá Lani,

      há algumas formas de se chegar a essa conclusão.

      Se são 64 redes com 256 IPs
      – o mesmo que 64 redes /24 por causa do 256 IPS, logo para se obter 64 redes seriam precisos 6 bits afinal 2^6=64.

      24 – 6 = 18 desse modo a alternativa A) 192.168.0.0/18 é a rede que pode ser dividida desta forma.

      Outra forma:

      Se são 64 redes de 256 Ips cada, 64×256=16384 IPs, 2 elevado a qual número dá 16384 ? 14, então são 14 bis para hosts (da direita para esquerda), sobrando 18 para a redes, pois o total são 32.

      Qualquer dúvida mande.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

    • Kretcheu.
      Entendi seu raciocínio, mas fiquei com uma dúvida:
      Quando tenho uma máscara /18, significa que tenho:
      11111111. 11111111. 11000000. 00000000, logo
      o número de subredes não seria 2^2= 4, devido aos dois bits 1 do terceiro octeto e o número de IP 2^14?
      Sempre resolvo os exercícios com esse raciocínio, mas este não deu certo…

      Lani, 3 anos ago Reply

      • Oi Lani,

        cada vez que a gente representa algo como: 192.168.0.0/18 do exemplo, isso é a definição de uma rede.

        A pergunta era sobre como essa rede poderia ser dividida em redes com 256 Ips cada.

        Sempre a representação é de uma rede, não de sub-redes, porém qualquer rede pode ser dividida em sub-redes.

        Essa rede 192.168.0.0/18 pode ser dividida em 2 /19 ou 4 /20 ou 8 /21 ou 16 /22 ou 32 /23 ou 64 /24.

        []’s
        kretcheu

        kretcheu, 3 anos ago Reply

  15. Poderia me ajudar nesta questão?

    – Sabendo que uma maquina tem o IP 172.19.20.255 /23 responda:

    a) qual a rede?
    b) quantas sub-redes e quantos ips possiveis?
    c) Qual a mascara? (decimal e CIDR)
    d) Qual o primeiro IP valido?
    e) Quantos IPs validos?
    f) Qual é o Broadcast?

    Obrigado, abraço.

    Yan, 3 anos ago Reply

    • Olá Yan,

      vamos lá!

      se a máscara é /23 sinal que para hosts serão usados 9 bits (32-23) logo serão 2^9=512 IPs possíveis,
      como o primeiro e o último são reservados, sobram 510 IPs válidos.

      em binário a máscara é 11111111 11111111 11111110 00000000 (repare que há 23 1s seguidos de 9 0s)
      em decimal: 255.255.254.0 (afinal 11111110 é 254)

      as sub-redes são (128)

      172.19.0.0 -> 172.19.1.255
      172.19.2.0 -> 172.19.3.255
      172.19.4.0 -> 172.19.5.255

      172.19.20.0 -> 172.19.21.255 *** essa é a nossa!

      172.19.254.0 -> 172.19.255.255

      Vamos as respostas:
      a) 172.19.20.0/23 ou 172.19.20.0 e máscara 255.255.254.0
      b) 128 sub-redes e 512 IPs possíveis
      c) decimal: 255.255.254.0 CIDR: /23
      d) primeiro IP: 172.19.20.1
      e) 510 IPs válidos.
      f) Broadcast: 172.19.21.255

      Qualquer dúvida mande.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  16. Boa tarde Kretcheu,

    Parabéns pelas vídeo aulas e pela sua disposição em fazê-las.

    Fiquei com uma dúvida na questão acima do colega.

    Não entendi porque são 128 sub-redes?

    Pode explicar?

    Um abraço!

    Luciano, 3 anos ago Reply

    • Luciano,

      o exemplo era um IP de rede classe B cuja máscara padrão é /16

      A rede em questão era /23. Eu listei algumas das sub-redes, de 2 em 2 no terceiro octeto.

      /16 até /23 são 7bits 2^7= 128

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  17. Olá Professor,

    O senhor é de que cidade?

    Poderia dar uma palestra la na faculdade?

    Estacio – FIB – Salvador – Bahia – Campus Gilberto Gil (Stiep)

    Lucas Teles, 3 anos ago Reply

    • Olá Lucas,
      eu moro em São Vicente, no litoral de São Paulo.

      Podemos conversar sim sobre essa possibilidade, manda um e-mail para: kretcheu@gmail.com

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  18. Excelente !!! Parabéns pela metodologia é realmente muito boa, continue assim.

    Djalma, 3 anos ago Reply

  19. sinceramete estou maravilhdado com este metodologia continua assim.

    jose, 3 anos ago Reply

  20. o seu método é magistrado estou maravilhado como fazes quem acompanha a tua forma de resolução de certeza fica com os problemas resolvidos muito obrigado continua assim. jofree

    jofree, 3 anos ago Reply

  21. Kretcheu, eu assisti sua videoaula e me esclareceu muita coisa sobre o cálculo de sub-redes, mas queria uma ajuda sua, porque não consigo entender o cálculo que se faz para ter o número total de sub-redes, como no caso de um dos exercícios que você passou, o primeiro exemplo que é 10.10.10.20 máscara 255.255.128.0 e no final acaba sendo 512 sub-redes. Não entendi de onde saiu esse 512.

    Rafaela, 3 anos ago Reply

    • Olá Rafaela,

      uma forma simples é a seguinte:
      pegue a máscara e com ela vc descobre quantos são os IPs possíveis, isso é fácil já né!?
      Nesse exemplo são 7+8 bits, 7 do terceiro octeto e 8 do quarto.

      Portanto 15 bits ou /15. Usaremos 15 bits para hosts, logo 17 para redes.

      Como estamos dividindo em sub-redes “subnetando” uma rede classe A, cuja máscara padrão é /8 que usa 8 bits para redes, a diferença é de 9 bits. 2^9=512.

      Mais claro?

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  22. Boa noite kretcheu, quero dar os parabéns pelo vídeo blog e pelo trabalho que você faz que é excelente e a minha dúvida é o seguinte: um exemplo que você citou no vídeo que você pegou uma rede de classe C e dividiu em duas, em relação a segurança, é possivel eu estando em uma rede acessar a outra, ou fazer um ping?

    Jeferson Slywitch, 3 anos ago Reply

    • Olá Jeferson,
      obrigado.

      para uma rede acessar a outra é preciso que exista um “gateway” ou seja, uma máquina que faça parte das duas.
      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  23. Estou tirando certificação Microsoft e a questão que me quebrou foi essa do cálculo de máscara, tive aula presencial com dois professores certificados, mas você foi que melhor explicou.

    Julio Cesar, 3 anos ago Reply

  24. Boa tarde.
    Tenho o seguinte exercício, e não consigo identificar as redes existentes e os endereços de gateway será que pode me ajudar?

    1. Atribua os endereços IP, as respectivas máscaras, e os endereços de gateway que considere mais adequados, a cada uma das interfaces dos equipamentos que aparecem na figura seguinte. Tenha em consideração os seguintes pontos:
    a. Cada um dos 4 routers está ligado à Internet e tem um endereço público fornecido pelo operador.
    b. Cada router está também ligado a um switch que por sua vez liga aos vários equipamentos.
    c. Cada switch, bem como todos os equipamentos que a ele estão ligados tem um endereço IP dentro de uma sub-rede diferente, obtida a partir do endereço de rede privado 10.0.0.0/8.

    suelma, 3 anos ago Reply

    • Olá Suelma,

      para eu poder ajudar melhor mande a figura ou o endereço dela na Internet.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  25. Bom dia Professor Paulo, brilhante aula, me tirou um caminhão de dúvidas. Tenho outras dúvidas, quem sabe o Sr. possa me ajudar.
    No caso do último exercicio que o Sr. resolveu, eu gostaria de saber como seria feita a comunicação entre as redes, digo, elas estão em redes diferentes (10.0.1.0, 10.0.2.0, 10.0.3.0) e inclusive em estados diferentes. Conheço um pouco do conceito de roteamento, mas por exemplo, como a rede de São Paulo poderia trocar, por exemplo, um arquivo com a rede de Minas Gerais ou como supondo que São Paulo fosse matriz e as outras duas filiais, como elas poderiam acessar um sistema que está em um servidor na Matriz?
    Sem querer abusar mais já abusando, outra dúvida, no caso do exemplo em que o Sr. usou a rede 10.0.0.0/29 e mascara 255.255.255.248 eu fiquei sem entender como é possível utilizar um endereço classe A com uma mascara classe C, os dois octetos do meio ficarão sem uso?
    Agradeço antecipado a atenção.
    Abraços!

    Regis, 3 anos ago Reply

    • Olá Regis, obrigado.

      D1. Para que uma máquina se comunique com outra, em outra rede, SEMPRE é preciso um gateway, ou seja, uma máquina na rede origem que também “conheça” a rede destino. “Conheça” quer dizer: que também esteja nessa rede ou saiba quem pode levar a ela, outro gateway.

      D2. Desde que existe CIDR, pode-se usar máscaras diferentes da máscara padrão. Nesse caso seria possível criar muitas sub-redes:
      10.0.0.0-> 10.0.0.7 depois 10.0.0.8->10.0.0.15, etc até 10.255.255.248->10.255.255.255 um total de 2.097.152.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  26. Olá professor!

    Tenho 16 anos e procurando por aulas no youtube tive a felicidade de encontrar seus vídeos. Eu, que nunca me senti muito atraído pelas matérias de redes no curso técnico que faço estou conseguindo compreender e até gostar do assunto. Inclusive consegui o livro do Tanenbaum que é citado em um dos seus vídeos e queria saber se ele é apropriado para alguém iniciante no tema.

    Muito obrigado, e abraços!

    Adolfo, 3 anos ago Reply

  27. Video aulas muito boas, trabalho com redeip em uma operadora e suas aulas auxiliam e muito, parabéns pelo blog.

    Anonimo, 3 anos ago Reply

  28. Essa vídeo aula foi de arrepiar, muito bom !

    Ricardo Pouças, 3 anos ago Reply

  29. Boa tarde Sr. Kretcheu!

    Gostaria de ajuda para o seguinte problema:

    A qual sub-rede o host 172.20.56.97 255.255.240.0 pertence?

    Gostaria de saber também o modo mais fácil de chegar ao resultado?

    Leandro Lima

    LEANDRO LIMA, 3 anos ago Reply

    • Olá Leandro,

      eu faço assim:
      1. Olho a máscara. 255.255.240.0 dai vejo que o terceiro octeto tem 240. Quanto falta para 256? (256-240) dá 16. Com isso sei que o terceiro octetos vai de 16 em 16.
      0->15, 16->31, 32->47, 48->63, 64->79, 80->95, 96->111 etc.

      2. Com isso vejo em qual rede o meu IP está.
      48 -> 63 é a quarta sub-rede.

      3. Escrevo o intervalo da rede:
      172.20.48.0 -> 172.20.63.255
      é isso.

      []’s
      kretcheu

      kretcheu, 3 anos ago Reply

  30. Prof Kretcheu, não podia passar em branco e não demonstrar toda a minha FELICIDADE em finalmente, depois de procurar em diversos materiais, assistir várias aulas e NUNCA ter conseguido aprender a calcular sub-redes, máscaras, etc; e finalmente achar as suas aulas no youtube, e para minha surpresa, bastou assistir 1 vez com atenção, ler as suas respostas aqui no tópico e fazer os seus exercícios para aprender DE VERDADE como se calcula, e melhor, entender o conteúdo.

    Cheguei a baixar a calculadora de IPs para fazer exercícios e tentar aprender e confesso que nem preciso mais dela, pois aprendi tão bem que faço rapidamente os cálculos e sei que estão corretos.

    Muitíssimo obrigado, de coração. Se 1/100 dos professores tivessem a sua didática, teríamos milhares de alunos aprendendo os conteúdos de forma rápida e prática. Agora vou assistir todos os outros vídeos e aprender de verdade o que eu acho que já sei.

    Forte abraço !!!!

    Gean, 3 anos ago Reply

  31. Kretcheu , Muito bom o seu trabalho, está nos ajudando muito a entender um puoco mais de rede Ip’s.

    Valeu.

    Jorge Santana

    Jorge Santana, 3 anos ago Reply

  32. valeu pela aula,
    você e muito profissional eu não aprendi quase nada desta materia na faculdade e com vc eu entendi o cara é profissional 10 a 0 no meu professor de rede..

    josinei, 3 anos ago Reply


Deixe seu comentário